sexta-feira, 16 de maio de 2008

Andrade

Aviso aos navegantes: o texto que se segue foi mentalmente rascunhado em uma mesa de bar.

Pensando em símbolos (sobre os quais não sei falar, mais finjo), podemos considerar que quanto menos elaborado ele é, mais significações pode adquirir. Considere, por exemplo, as possibilidades de significações da letra A ou de um número qualquer. Peguemos então, um símbolo mais elaborado, como uma palavra (recheada de outros símbolos quaisquer); ainda assim, há diversas significações possíveis em diversos contextos.
Sem mais delongas, vim falar de poesia. Por que o que difere a literatura das demais narrativas é exatamente as possibilidades que a literatura tem. As significações que cada texto adquire para cada pessoa enriquecem o texto e não só ele... Não quero entrar num jogo de valores.
Encerrando o assunto, se a mensagem deve ser claríssima como água, com emissor certo e destinatário previsto anteriormente, estamos fazendo jornalismo ou publicidade, não literatura. Literatura, disse o mestre, permite ambiguidades deliciosas.
E agora não sou eu que falo, sim Oswald de Andrade, que é pra reafirmar a literatura e as múltiplas significações de uma mesma palavra.

Amor
Humor

15 comentários:

Paladyno disse...

Você pode até não cursar literatura mas bem que podia depois desse seu texto. [^_^] Ai dos leigos em leitura, não vão entender as tuas palavras.

Palavras à Alma
Templo do Paladyno

Euzer Lopes disse...

Quando voc� fala da propaganda, eu (que fui publicit�rio por 11 anos) aprendi uma coisa: mais que convencer a pessoa a comprar determinado produto (conceito b�sico), � mais interessante voc� for�ar a pessoa a criar uma opini�o sobre tal produto e a� sim, decidir pela compra. E opini�o voc� cria a partir de estimular o pensamento, quando a pessoa cria um conceito sobre aquilo. E a� entra o "fator liter�rio" de qualquer mensagem, seja jornal�stica, seja publicit�ria, seja liter�ria.
Voc� foi muito feliz no seu texto ao citar a literatura como um caminho para criar s�mbolos particulares em cada leitor. E � justamente a� que est� uma das maiores car�ncias do brasileiro m�dio: pregui�a mental. Qualquer coisa que tenha mais de duas linhas, torna-se ma�ante. Mesmo um an�ncio publicit�rio, uma nota jornal�stica. Que dir� ent�o, um livro?

Vinicius Langa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Damn disse...

Não sendo naquela mesa de bar, eu fico feliz.

•Cah disse...

hahahaha eu não gosto não!!!
eles acham que so pq a gente senta no fundo a gente não quer aprender!

EU FAÇO HUMANAS! =]

psicologia! =]]


BEIJOOOO

•Cah disse...

como assim faz aulas?!
voce tem aula de psicologia também?!?!/! AH PRATICAMENTE QUASE TODOS OS CURSOS TEM! =]

è um curso bacana né! mas é complicadisiiiiiimo!
haha

•Cah disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
•Cah disse...

Nooooosa seério?! Que interessante!
hahhaa quem me dera se na minha faculdade isso pudesse fazer..

EU GOSTARIA DE CADA SEMESTRE ENTRAR EM UMA SALA!

Thiara Pagani disse...

Por mais que muitos não concordem, as mesas de bar são ótimas fontes criativas.
Ta bem bacana o blog maluca!


Beijos!*

darsh. disse...

não foi jogando EU NUNCA não né?

Roberta Duarte disse...

concordo c/ um comentário acima..mesas de bar são os lugares mais criativos...tvz seja por conta de um ingrediente básico: o alcool etilico. mas se for p/ construir textos como esse, que ele seja bem vindo!
excelente aline!!

bjussss

Bru & Bia disse...

mesas e bar são celeiros de criatividade
suspendamos as aulas e vamos direto ao bar!
é claro q Ismael concorda comigo!

BrU*

Fabiana Fracarolli disse...

Estou me sentindo mt importante com os coment�rios q vc est� fazendo l� no blog "em venus" !!!!
Espero q agente corresponda a suas espectativas ...

Bj�OOOOOO

* Seu blog tah �timo heim... botecar est� fazendo mt bem!

Marcela Rangel disse...

Os seus textos dão fome de ler, minha cara.
Apetitoso!

:)

Cruela disse...

Depois me conta o que vc anda bebendo...
que eu em mesa de bar, mal mal consigo rascunhar em um guardanapo sujo "na sua casa ou na minha?"
auhauhauahuahauha

beijos